De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

domingo, 13 de dezembro de 2009

O QUE É SER HOMEM, MÃE?

Ser homem, meu filho,
Quanto a mim,
É algo mais do que,
Correctamente saberes,
Como falares ou escreveres,
Teres altos cargos,
Ou ombros largos.
É algo mais do que,
Teres altura,
Ou uma barba dura,
Teres forte músculo
Num coração minúsculo.
Ser homem, meu filho,
É saberes falar
Sem ofender ou maltratar.
É pores amor
Em qualquer função,
Que tu exerças,
De alma e coração.
É não provocares um mundo pior.
É saberes lutar
Por uma vida melhor.
É seres bom e compreensivo
No momento preciso



Ser homem, meu filho,
Quanto a mim,
É dares sempre um braço
Que passe calor
Ao ombro de alguém
Que precisa de amor.
É respeitares sempre o espaço
De quem, como tu, quer ser Homem.
É muito mais do que o que pensa
Meio mundo a morrer,
Por não saber viver.
Sinto um imenso prazer
E um orgulho sem fim
Em ter-te deixado nascer!


Maria Letra

Enviar um comentário