De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

domingo, 6 de maio de 2012

SER MÃE

4 comentários:

✿ chica disse...

Parabéns pelo dia e felicidades!!beijos,chica

Maria Letra disse...

Obrigada, Chica. Desejo o melhor também para ti. Beijinhos.

Ana Martins disse...

Mizita, boa noite!
Não passei para lhe desejar um Feliz dia da mãe e penitencio-me um pouco por isso. No entanto, acho que em verdade, dia da mãe são todos os dias.

Adorei o seu poema e a sua mãe deve ter ficado maravilhada!

Beijinho,
Ana Martins

Maria Letra disse...

Ana, se não sabe ficará a saber que eu até nem sou muito a favor dos "dias de". Por isso mesmo, não se preocupe. Nessa linha de pensamento, eu também deverei penalizar-me pois só me lembrei da minha Mãe ... Depois, eu não visito ninguém..., não sou visitada; não comento..., não sou comentada. Valorizo, portanto, quem - como a Ana -, tem a simpatia de visitar o meu blog, a despeito deste meu estado atual, de APARENTE desinteresse. Obrigada, amiguinha e beijinhos.