De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A MALDADE NO MUNDO


3 comentários:

BIA disse...

Olá Maria!!!

Grande verdade, é bem assim, fico horrorizada com as coisas que vejo por aí... são tantas maldades, crueldades, mentiras, falsidades, distorções e inversões, realmente chocante, o que estes insanos pensam que estão semeando para o futuro dos filhos e netos... pior é acharem que tudo isto é normal e que agora as pessoas corretas e honestas é que são erradas, absurdo total.
Bjs *__*

Ana Martins disse...

Mizita, boa noite!
E assim se passam os dias, somos vítimas de um bando de parasitas que colocamos no "poleiro" e que agora não conseguimos travar.

Beijinho,
Ana Martins

Maria Letra disse...

Muito obrigada, Bia e Ana Martins.
É bem verdade, amigas, que estamos cada vez mais circundados por muita gente que, indiferentes ao sofrimento, inspiram ódio por onde quer que passem.
Beijinhos às duas.