De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

terça-feira, 3 de maio de 2011

DIA DO TRABALHADOR











DIA DO TRABALHADOR
Importante para aqueles
A quem não falta trabalho !…

Depois há os outros, os sem emprego,
Omissas cartas dum grande baralho.

Tanto ser humano usado,
Reprimido, maltratado,
A cumprir ordens de alguém
Bem cotado, mesmo que refém
Ambicioso e horrendo,
Lucro chorudo querendo …
Há coisas que, neste mundo,
Acabam num caos profundo.
Dos males todos que enfrentamos,
Os piores …, mais desumanos,
Residem no uso da criança  
           ………………………….

P A R A
Q U E
T A N T O S
E N C H A M A
P A N Ç A
E



U


A



E



U
O


E P

M
R



E


N



R



M R


D E

O
M






T



E



A
R


I N

R
I







O



S



N
A


N A

 !
T







S








O
M

D S

 !
I

















S




O


 !
M



























O




























S





























Maria Letra
1 de Maio de 2011
Enviar um comentário