De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.


terça-feira, 3 de maio de 2011

MEUS CAMINHOS DE CRISTAL

Meus Caminhos de Cristal,
percorro com ambições,
lado-a-lado com camelos,
águias, mochos, camaleões.
Por vezes lhes faço frente,
outras há que os ignoro.
Depende do que consente,
a minha vida, que adoro.
Aos camelos tiro espaço;
às águias apalpo o pulso;
aos mochos abro um abraço
e os camaleões …, expulso!
Neste caminhar que mudo,
porque a vida mo consente …,
tenho encontrado de tudo,
e tanto que me atormente.
Vejo males noutros caminhos
muito piores do que os meus.
Bichos preversos, daninhos,
‘avis raras’, camafeus.
Magoa fundo esta dor
de ver o velho e a criança,
sem defesa e sem amor,
morrer de desesperança.
E não se iludam aqueles
Que pensam remediar
erros velhos, quando neles,
há vícios de aos céus bradar.
Não se cancela num dia,
condutas velhas, caducas,
e o remendo só adia,
a regra que nos educa.
É preciso fazer mais.
Defenderei, com fervor,
actuações globais
em prol dum mundo melhor.

Maria Letra
2011-05-03

6 comentários:

chica disse...

O mundo todo precisa dessas ações por um mundo melhor,não é? um beijo,linda poesia!chica

Maria Letra disse...

Bem gostaria que fosse assim, Chica.
Obrigada pela visita, amiga. Bjs.

Ives disse...

Pessoas como você, e tantas outras que estão voltadas para a beleza da vida, podem fazer a diferença, pois o poder da poesia vai além do criador. Você tem muito, muito talento, abraços

Maria Letra disse...

Muito obrigada, Ives, pela sua visita e pelo seu comentário. Será sempre um prazer ler o que escreve com tanta sensibilidade. Abraços.

Carla Farinazzi disse...

Oi querida Maria Letra,

Eu estou contigo nessa luta. Estou junto, saiba disso. Concordo quando você diz que não se cancela velhas condutas, velhos vícios da noite para o dia. Mas, quanto mais a gente se unir e formar uma força conjunta, poderemos mudar a mentalidade, principalmente dessas novas gerações que estão vindo aí. Eu acredito na força dessa nova geração, que transcende aquilo que nós aprendemos. Ainda bem. Mas é preciso, também, orientar. Dar exemplo.

Beijos, lindíssimo seu texto

Carla

Maria Letra disse...

Muito obrigada, querida Carla Farinazzi. Gostei muito deste seu comentário. Aqui em Londres há um slogan dum supermercado (Tesco) que diz: "Every little helps"! Assim penso, também e, portanto, tenho ainda a esperança de que unindo-nos a mesma força de querer mudar o que está mal, chegaremos a colher frutos.
Beijinhos.