De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

quinta-feira, 27 de junho de 2013

DIGAMOS TODOS PRESENTE (poema canção)

 












Amor,  sentimento em pena,
contra o ódio está lutando…
O povo é quem mais ordena!
Que venha lutar, cantando.
Se como eu, tens coragem
e tanta determinação,
traz força em tua bagagem
e muita, muita paixão.

Contra falsos moralistas
e gente muito corrupta.
Contra tantos imbecis
e tantos filhos da  “truta”…,
digamos todos : “Presente”!                 
Somos universalistas!
Lutamos por toda a causa
que faça o povo feliz.
Não há tempo para pausa.
Já vai comprida a raiz.

Não importa a tua cor
ou a língua que tu falas.
Nesta batalha de Amor
não há quem atire balas.
Queremos lutar pela paz,
sem armas, sem violência.
Somos por tudo o que faz
do Amor, a nossa essência.

Contra falsos moralistas
e gente muito corrupta.
Contra tantos imbecis
e tantos filhos da  “truta”…,
digamos todos : “Presente”!                 
Somos universalistas!
Lutamos por toda a causa
que faça o povo feliz.
Não há tempo para pausa.
Já vai comprida a raiz.

Maria Letra
2013-06-27


Enviar um comentário