De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

AGARRA A VIDA!


SE sentes que nos outros
tu já não crês,
porque alguém te feriu,
atraiçoando uma jura
que te fez…
SE estás a sentir que o mundo
desabou a teus pés,
porque a pessoa que amas
e a quem te confessavas
não te aceita como és.
SE sentes não seres capaz
de voltar a amar,
ferido no teu amor próprio
e sem qualquer vontade
de perdoar.
Olha o teu passo em frente.
Ele anseia prosseguir,
não importa por qual estrada
e a despeito dessa dor
que possas estar a sentir.
É no caminhar consciente
do que possas enfrentar,
que aumentarás a força
que tu não sabias ter,
nem precisar.
Não queiras olhar p’ra trás,
para tudo o que deixaste.
Faz parte do teu passado,
dum tempo para esquecer.
Foi nele que te magoaste.
É no Futuro que deves acreditar,
criando Esperança.
Agarra a Vida com muito amor,
sentindo a força e o valor
do olhar duma criança.

Maria Letra
21 de Janeiro de 2012
Imagem de Miguel Letra
Enviar um comentário