De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.


terça-feira, 23 de julho de 2013

PREPOTÊNCIA CONJUGAL


2 comentários:

Unknown disse...

Prepotência conjugal, não devia existir, mas existe, infelizmente.

Beijinho,
Ana Martins

Maria Letra disse...

Desgraçadamente assim é, querida amiga!

Bjnhs.
Maria Letra