De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.


sábado, 27 de outubro de 2012

ESTADOS DE ALMA


2 comentários:

BIA disse...

Olá Maria!!!

Linda as palavras e imagem, ambos se complementam muito bem. Um bom fim de semana!!!
Bjs :)

Unknown disse...

Uma grande verdade, numa bonita quadra!

Beijinho, minha amiga,
Ana Martins