De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.


terça-feira, 17 de abril de 2012

QUEM ME DERA ...


3 comentários:

Unknown disse...

Mizita, que bonita e que olhar tão sereno!

Beijinho,
Ana Martins

Adelaide disse...

Quem te dera ???? Voltar à juventude é? Tudo seria diferente...eu já pensei o mesmo...mas, acho que seria viver demais !!!

Milai

Maria Letra disse...

Minhas queridas amigas,
Ler os vossos comentários exacerba em mim este complexo de culpa de não visitar ninguém. Não mereço mesmo que comentem o que escrevo pois eu venho aqui, desabafo, mas não saio disso. Peço perdão.
Um grande e grato beijinho às duas.