De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

domingo, 2 de outubro de 2011

MEUS CAMINHOS DE CRISTAL

Meus amigos,

Decorridos 3 meses de viagens que fiz por alguns países duma Europa a sofrer, irá, finalmente, ser apresentado ao público o meu livro "Meus Caminhos de Cristal".
Trata-se dum livro despretensioso, onde reuni alguns dos desabafos que, desde os 13 anos, tenho vindo a transformar em poemas. Subdividido em 6 partes, em cada uma coloquei um reduzido número de poemas onde abordo os seguintes temas:
1. de natureza pessoal, em Ego Sum (Eu sou);
2. sobre uma nova vida, transformada por uma desejada separação dum passado insuportável;
3. de crítica política, na minha inconformada contemplação do que está a acontecer no meu país (e não só!);
4. de crítica social, quando impera a superficialidade, a ambição desmedida e a injustiça;
5. de tudo o que cabe no mundo da poesia;
6. da minha Grande Natureza!
Espero me seja dado o privilégio de ver este meu livro ser aceite como algo muito pessoal, muito verdadeiro e, sobretudo, onde o irreal é quase inexistente. Intencionalmente, deixei o sonho para uma outra fase, quiçá menos marcada por um passado tão pesado, quando a minha alma tiver cicatrizado raízes que o tempo ainda não conseguiu eliminar.
O conteúdo deste livro poderá ser, por vezes, dum realismo acutilante, mas a alma de quem o concebeu é forte, alegre, generosa, tolerante e muito humana.

Enviar um comentário