De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

sábado, 19 de março de 2011

S.O.S.

S.O.S. 
Me chamo Planeta Terra!
Socorro! Estou-te gritando!
Estou sofrendo . .. Estou aflito …
Contra o mal, eu estou em guerra,
Porque me está sufocando,
O meu derradeiro grito.

Me chamo Planeta Terra!
Socorro! Eu estou clamando,
Que cuides de mim, agora.
Do que a minha dor encerra,
Perdi a força, o comando,
O meu fim já não demora …

Me chamo Planeta Terra!
Socorro! Que eu estou sofrendo!
No mal, que me está matando,
Há um calor que me aterra,
E que o mundo não está vendo,
Mas que sei estar aumentando.

Me chamo Planeta Terra!
Socorro! Façam mudanças,
No vosso errado viver.
Há uma loucura, aferra,
A vis hábitos de heranças,
Que me estão a corroer.

Me chamo Planeta Terra!
Socorro! Cortem nos gases,
Na carne e na energia.
Plantem árvores. Não erra
Aquele que corta, nas bases,
Os podres da vilania.

Maria Letra

Salvem o Planeta Terra! 
Organizem debates!
Cultivem árvores!
Observem o inimigo!
Recorram ao que é Natural!
Reciclem sempre que possível!
Optem pela conservação do Planeta!

Maria Letra
Março de 2011
Enviar um comentário