De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

terça-feira, 12 de agosto de 2014

MALVADA FRAQUEZA










(a Robin Williams) 

…. e quando já nem o Sucesso basta...,
a Tentação, quase sempre madrasta...,
pode anular a nossa Consciência
dos limites..., até à Dependência.
Vimos então que, Razão e Saber,
deixarão de ter peso no Querer,
aniquilando qualquer ser humano
que não sabe enfrentar o Desengano.

Maria Letra
2014-08-12
Enviar um comentário