De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

PARABÉNS, MILAI!

Uma flor muito exótica,
para uma amiga especial
que, nesta vida caótica,
onde tudo vai tão mal,
tem sabido, com coragem,
ultrapassar dissabores,
quer fazendo jardinagem,
acariciando flores,
ou pintando tantas telas...,
que já nem sabe onde pôr.


Também gosta de novelas.
Está na moda! Por favor …
Com o tempo que lhe resta,
depois dum dia de calma
e de dormir uma sesta,
vai cuidar da sua alma,
rezando por quem precisa
duma oração ..., muito sua.
O seu jeito simboliza
o Bem, nesta vida crua.

Maria Letra
05-11-2010
Enviar um comentário