De velhas raizes minhas,

umas vivas, outras mortas,

retirei ervas daninhas

p’ra poder abrir mais portas.

Outros blogues:
http://www.worldartfriends.com/pt/users/maria-letra
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/

quinta-feira, 29 de maio de 2014

ETERNO TANGO


Deixa-me ser Primavera
no Outono que em ti caiu.
Deixa-me ser a chama
que crepita na fera
que ainda não sucumbiu,
no teu corpo.
Não quero acreditar
que o que sentias por mim está morto.
Foste rei nos meus sonhos,
na minha paixão,
e no tanto que faz palpitar,
ainda, o meu coração.
Deixa que baile contigo.
Minha alma grita
por aquele Amor
tão vivo, outrora,
mas que não sinto, agora.
Deixa-me dar-me a ti.
Deixa-me recordar
o belo sonho que vivi.
E..., se algo em ti mudou,
deixa-me continuar a amar
o que de bom, ficou.

Maria Letra
2014-05-29

sábado, 24 de maio de 2014

ENCONTRO COMIGO


AMBIÇÃO


A ambição seria boa,
se não fosse usada à toa...,
mas há quem abuse dela,
sem a mínima cautela...
Vejamos o que quer dizer
Ambição! Vamos saber:
Anelo, que é aspirar,
querer ou bem desejar.
Desejo forte e ardente,
dum alguém quiçá doente.
Anseio por ter alguém,
uma coisa..., ou mesmo um bem.
Avidez, desejo ardente,
desmedido, permanente.
Cobiça de um bom haver,
glórias ou até poder.
Sede, ou ânsia de possuir,
nem que para o conseguir,
não se olhe a meios,
que podem ser muito feios...
Sofreguidão, avidez.
Ambição..., ou Insensatez???

Maria Letra
2014-05-24

quinta-feira, 22 de maio de 2014

terça-feira, 13 de maio de 2014

sexta-feira, 9 de maio de 2014

ÊXODO INTERNACIONAL


Misturam-se multidões…
Alguns, são de muito perto,
mas outros, de muito longe.
Não são milhares. São milhões
espalhados por todo o mundo.
Em comum, um rumo incerto.
Hábito, não faz o monge,
mas fome faz moribundo.
De tanto esperar por nada,
sofrem dum estado incurável.
São frutos dum mundo cão,
onde não existe fada,
mas abunda o bom ladrão.
Que Vida tão miserável!

Maria Letra
2014-05-09

TERRAS DE DESAMOR


domingo, 4 de maio de 2014

MÃE



Mãe, onde quer que estejas,
estarás, certamente, em Paz.
Eu não quero que sejas
minha Mãe só neste dia.
Que diferença é que faz
haver um dia das Mães,
se sempre te amei,
cada hora, cada minuto,
sem data especial?
Durante anos e anos
meu Amor foi sempre igual.
Encheste-me de alegria,
porque tu “eras” e serás
para sempre, Mãe querida,
aquela que me deu a Vida.
Mesmo quando silenciavas
uma palavra, um conselho,
o que quer que seja, enfim,
eu sabia que tu estavas
atenta, pensando em mim.
Amar-te-ei sempre, Mãe.
Como tu...
jamais haverá alguém!

Maria Letra
2014-05-04
Imagem da net

sexta-feira, 2 de maio de 2014